Recife, quarta-feira, 03 de junho de 2020
   O Sindicato   
   Legislação   
   Cursos e Eventos   
   Publicações   
   Convênios   
   Filie-se On-line   
    Fale Conosco   


Privatização da saúde aumentou falta de leitos
Mesmo sabendo que o Coronavírus se es ...
Governos querem congelar salários de servidores
Depois dos trabalhadores formais fica ...
  Notícias de Capa | publicado dia 22/05/2020 às 14:24

CLIQUE PARA AMPLIAR

No Estado, estamos há mais de 14 anos sem reajuste salarial, sem 40% de adicional insalubridade, não temos 30 horas, entre diversas pautas que há tempos tentamos negociar com o Governo de Pernambuco e não temos medidas práticas para permitir aos enfermeiros melhores condições de trabalho. O que recebemos do @governope foi uma pensão para depois que morrermos, caso sejamos vítimas de covid-19. É uma vergonha o salário que recebemos hoje.


Por isso, estamos convocando a todos neste momento de pandemia, gravarem ou tirarem fotos cobrando do Governo que receba o @seepedepernambuco para discutir e resolver a pauta dos Enfermeiros e no dia 15 de Maio (sexta-feira) às 9 horas comentar na página do Facebook do Governo de Pernambuco #NegociaComOsEnfermeiros

Não podemos permitir o descaso com aqueles que dão suas próprias vidas para garantir a segurança dos usuários da saúde pública.

Edição: Emanuelle Rodrigues
 
 
No dia 17 de fevereiro foi realizado um ato conjunto dos enfermeiros e demais servidores de Recife com o objetivo de forçar a abertura da mesa de negociação.
 
Participação na Live da Aben PE, com representação da nossa Diretora Ludmila Outtes
 
Copyright © 2008 - 2020 - SINDICATO DOS ENFERMEIROS
NO ESTADO DE PERNAMBUCO - SEEPE
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Rua Treze de Maio, nº 292 - Santo Amaro - CEP:50100-160
Horário de funcionamento: Segunda a sexta: 8h às 17h.
Telefone: (81)3040-4457
Filiado à:
Parceiros:
| Cofen | Aben | Aben-PE | Portal FNE | CNS | CES | Portal da Saúde | Blog da Saúde | Movimento Luta de Classes | Coren PE |
SEEPE nas redes sociais: